domingo, 24 de fevereiro de 2013

Desconfiado até a Alma

Confiar e desconfiar são palavras tão íntimas que fica complicado uma não contribuir para a outra e dessa forma criarem uma correlação muito presente na vida de cada um de nós, pois o que termina uma e começa a outra é justamente o fio de cabelo de sapo que brota nos momentos mais inesperados, nem que seja para uns, pois para outros, a ação surpresa pode já estar sendo maturada há tempos e ter muitos significados desconhecidos e que geram pontos negativos somente para os enganados da vez.
O nosso olhar fica mais atento e parece que vai pular de vez, nos fazendo perceber tudo com mais clareza e também com riqueza de detalhes, algo que ficava difícil notar quando estávamos completamente envolvidos nos mais variados processos que se tem conhecimento e fazem parte da nossa existência.
A nossa percepção é bem interessante, pois geralmente só a utilizamos quando precisamos e por muitos momentos achamos melhor deixá-la esquecida e parada no tempo, esperando a bomba explodir para que tenhamos uma atitude mais brusca, que pode nem ocorrer e dependerá da nossa vontade de realizar o que geralmente termina ficando com cara de humilhação.
Precisamos reconstruir as nossas visões do mundo e das pessoas, pois se assim não fizermos, ficaremos com decepções consecutivas e perenes e não teremos chances de vislumbrar melhores oportunidades para nós mesmos que já batalhamos tanto em busca de um lugar ao sol que nos possibilite bons frutos e poucas queimaduras.
Viver é um desafio diário e aliar tudo isso aos mais diferentes cenários e visões é tarefa que exige muita garra e paciência, pois se assim não for, ficaremos cada vez mais obscurecidos pela nuvem negra de fumaça que sempre passa por nós, nos sufocando e deixando um cheiro horrível e difícil de ser tirado sem que um banho possa lavar tudo, inclusive a nossa alma desconfiada e entristecida.
Olhar inquieto e calma são as melhores formas de domar a fera das incertezas e dessa forma melhorar a confiança perdida e que jamais poderá ser refeita se várias contribuições positivas forem realizadas.

0 comentários:

Postar um comentário