sexta-feira, 7 de outubro de 2011

Pepe Le Gambá

Esta semana uma campanha no Facebook pedia para que colocássemos no nosso perfil uma foto de um personagem que marcou a nossa infância e eu lembrei logo do "Pepe Le Gambá", pois sempre achei engraçado o seu jeito insistente de conquistar as garotas, mesmo que elas fugissem do seu cheiro insuportável. Ele sempre tinha um jeitinho para estar novamente na parada e pronto para a conquista.
Era uma personagem que tinha uma auto estima elevada, nunca estava triste e mesmo quando todas as suas pretendentes lhe davam o maior fora, ele superava as adversidades e tentava uma nova armadilha para fazer com que elas caíssem na sua rede de sedução.
Se não fosse o cheiro até que elas caiam, pois o seu sotaque francês, seu gosto refinado e sua elegância, faziam dele um animal inesquecível e que sempre era disputado por mim aos domingos, pois era o momento em que ele passava na TV.
Outros também foram lembrados, mas ele foi o primeiro que veio à minha mente e por isso está lá no meu perfil e aqui no blog. Esta semana que terá início, comemorará o Dia da Criança e boas lembranças me vem à mente, pois minha mãe sempre fazia deste momento um acontecimento especial, quando eu ganhava alguns presentes incríveis para brincar e soltar a imaginação infantil a todo vapor.
Os desenhos de hoje, na sua maioria, não trazem boas influências e exalam violência, sensualidade e atitudes ruins. Nada comparado aos que via na minha infância, que primavam pela infantilidade, simplicidade e ternura, quando o maior intuito era fazer com que a criança permanecesse ingênua e pura pelo maior espaço de tempo possível.
O despertar imaturo das crianças de hoje é devido a vários fatores, como o desenvolvimento tecnológico, internet e falta de apoio familiar, quando logo cedo elas caem no mundo para aprender na rua o que os pais não tiveram tempo de ensinar.
Alguns até possuem tempo, mas não querem mais esta atribuição. Pais das antigas é outro fator em extinção.
Ainda bem que eu ri com o Pepe Le Gambá, pois ele era sereno, afetuoso e extremamente apaixonado. Era o amante ideal, se não fosse o cheiro ruim, claro...
Fica o registro e também a lembrança deste especial desenho animado que deve também ser lembrança de muitas pessoas, tenho certeza disso.

0 comentários:

Postar um comentário